A Outra História da Carochinha
de Natália Teles

Temporada artística

1998 / 1999

Em exibição

1998/1999
Cine Teatro de Santo António

Classificação etária

Maiores de 3 anos

Duração

1 Hora
(aproximadamente)

Encenação
Ester Vieira

INTÉRPRETES E PERSONAGENS

Zé Ferreira | Saltimbanco 1 e Cão
Zé Abreu | Saltimbanco 2, Pagem e Burro
Patrícia Perneta | Saltimbanco 3
Sílvia Freitas | Saltimbanco 4
Celina Pereira | Saltimbanco 5
José Ferreira e Patrícia Perneta | Carochinha
Sílvia Freitas e Celina Pereira | Capuchinho Vermelho e Madrasta
Sílvia Freitas e Zé Ferreira | Gato
Zé Abreu e Zé Ferreira | João Ratão

Ficha Artística e Técnica

Autora | Natália Teles
Direcção e Encenação
| Ester Vieira
Assistência e Direção de Cena | Cristina Loja
Encarregue de contra-regra | Tânia Henriques
Cenografia, adereços, figurinos e caracterização | Miguel Vieira
Criação e execução de fantoches | Miguel Vieira
Ajudante Aderecista | Rúben Teixeira
Dispositivo Cénico, Carpintaria e Pintura | SR Interiores e Exteriores
Ajudantes de carpintaria | Mestre Vergílio Aguiar, Bruno Caldeira, Marco Faria e Juan Fontes
Chefe de costura | Julieta Arriaga
Ajudantes de costura | Conceição Jardim, Teresa Poipão e Conceição Franco
Cartaz e Programa | Turnino Caires (Ilustração Gráfica) e Helena Freitas (Base de Ilustração)
Desenho de Luz | Eduardo Luíz e Hélder Martins
Operador de Luz | Hélder Martins e Élvio Nunes
Letra das canções | Ester Vieira e Natália Teles (Canção da Carochinha)
Composição, orquestração e direcção de vozes | Ricardo Gonçalves
Vozes | Ester Vieira, Fernanda da Gama, Fernando Almeida e Ricardo Gonçalves
Sonoplastia | Henrique Vieira
Sonorização | Henrique Vieira e Bruno Pereira
Produção Executiva | Patrícia Perneta
Colaboração/Produção | Zé Abreu
Produção | Teatro Experimental do Funchal

Texto da Encenadora

Meus querido amiguinhos:
Hoje vamos jogar ao Teatro!
Com um pouco de imaginação e histórias que todos conhecem, vamos acompanhar os actores Saltimbancos, neste jogo de “brincar ao Teatro”.
O Teatro tem muitas semelhanças com os jogos de faz-de-conta que todos os meninos costumam experimentar. É entrando neste jogo e experimentando ser outros personagens que descobrimos “a caixinha de surpresas”, escondida em cada um de nós. Não há outra forma de sabermos a beleza do Teatro, senão a de o experimentar… Por isso aceitem o nosso convite e venham brincar connosco!
Do lado de cá do palco, a viagem começou 60 dias antes da vossa. Toda a Equipa brincou e sentiu com imenso prazer, este jogo de representar, para vos contar histórias. Acreditamos que, se nós gostarmos muito do que fizermos, é quase certo que vocês também irão gostar.
Esperamos que esta história vos ensine a sonhar e a imaginar muitas outras histórias… pois é com Alegria e pelo Sonho que seremos mais felizes.
Quanto a nós, guardem-nos num cantinho do vosso coração, pois só aí se pode guardar o Teatro.
E… sejam felizes!
Feliz Natal e até sempre!

Start typing and press Enter to search

Produção 92 do Teatro Experimental do FunchalProdução 73 do Teatro Experimental do Funchal