As Aventuras do Príncipe de Zaratruta
de Carlos Manuel Rodrigues

Temporada artística

1992

Em exibição

1992
Teatro Municipal Baltazar Dias

classificação etária

Maiores de 3 anos

duração

5o minutos
(aproximadamente)

Encenação
Eduardo Luíz

INTÉRPRETES E PERSONAGENS

Paulo Renato | Rei Nicolau; Sapateiro; Guarda da Ilha
Eugénio Cabral | Príncipe de Zaratruta
Paulo Sérgio | Feiticeira Fredegunda; Miúdo; Guarda da Ilha; Cozinheiro da Ilha
Duarte Rodrigues | Guarda do Rei; Urso Apicultor; Rainha Banho-Maria; Aprendiz de Feiticeiro
Mavélia da Guia | Abelha Rainha; Miúda; Princesa Amêndoa-Doce

Ficha Artística e Técnica

Adaptação, Encenação e Direcção Artística | Eduardo Luíz
Direcção de Cena | Duarte Rodrigues
Encarregue de Contra-regra | Natércia Silva
Direcção e Montagem do Espaço Cénico | Mestre José Lino
Ajudantes de Montagem | Humberto Andrade e Júlio Freitas
Telões, Figurinos, Adereços, Painel, Capa e Diagramação do Programa | Raúl Pestana
Execução de Guarda-roupa | Julieta Rodrigues e Mirita Henriques
Execução de Telões, Adereços e Painel | Cristina Loja
Luminotecnia e Iluminação | Hélder Martins
Ajudante de Electricista | David Ferreira
Composição, Arranjos, Execução, Direceção Musical e Vocal | Ricardo Gonçalves
Narração e Vozes | Eduardo Luíz, Ester Vieira e Ricardo Gonçalves
Gravação e Sonorização | Henrique Vieira
Colaboradores | Élvio Camacho, Fátima Freitas e alunos do 9º Curso de Formação de Actores do TEF.

Texto do Encenador

Olá!
Cá estamos novamente para partilhar convosco esta função bonita que é o Teatro.
Durante todos estes anos, desde as HISTÓRIAS DE HAKIM, O PRINCIPEZINHO, A ANDORINHA E AS ÁRVORES FALANTES, FANTASTOMÁTICO, AS MAÇAS DE D. ABÚNDIO, O GRILO PERLIMPLIM, O BOSQUE ENCANTADO, O NATAL EM CASA DE CASTRA FIORI, TEATROSCÓPIO, O AVARENTO MARUF, HÁ FESTA NO CÉU, A BRUXA CARPIDIM e como ainda devem lembrar-se, ANA E O PÁSSARO AZUL, temos vindo a dar cada vez mais atenção ao teatro que vos apresentamos e, nesta aventura não estão só os actores, mas também os autores, os carpinteiros, os iluminadores, os músicos, os artistas plásticos, as costureiras, os sonoplastas e todos os que colaboram desde os bastidores, passando pela portaria, bilheteira até às escolas onde os professores e educadores vos acompanham até à sala de espectáculos para se completar a comunhão mais importante entre os actores e espectadores: o TEATRO.
A nossa história (a que hoje irão assistir) conta-nos sobre uma grande feiticeira que precisa de casar para fazer parte da grande Assembleia das Bruxas. Por causa disso o príncipe João de Zaratruta vê-se envolvido num grande aventura, cheia de tantas aventuras.
[“Quem quer casar com Fredegunda/ Que não é bonita, nem tem corcunda”]
Bom, espero que se divirtam. Um grande abraço e um beijo enorme.

Start typing and press Enter to search

Produção 43 do Teatro Experimental do Funchal