Os Fantasmas
de Eduardo de Filippo

Temporada artística

1990

Em exibição

1990
Teatro Municipal Baltazar Dias

classificação etária

Maiores de 12 anos

Duração

2 Horas (aproximadamente)

Encenação
Eduardo Luíz

INTÉRPRETES E PERSONAGENS

Eugénio Cabral | Rafael, porteiro do palácio 
Élvio Camacho | Moço, carregador 
Duarte Rodrigues | Manuel, carregador 
Paulo Renato | Gastão Novara, irmão de Arminda 
Miguel Vieira | Pascoal Loiacono
Fátima Rocha | Carmela, irmã do porteiro 
Ester Vieira | Maria Loiacono, mulher de Pascoal 
Eduardo Luíz | Alfredo Armigliano, marido de Arminda e amante de Maria 
Bernardette Andrade | Armanda Novara Armigliano 
Fernanda da Gama e Sílvia Marta | Duas filhas de Arminda e Alfredo
Duarte Rodrigues | Silvério Novara, professor de música, pai de Arminda 
Carla Ferreira | Aurélia Novara, mulher de Silvério
Paula Erra | Criada
Duas Lavadeiras | Patrícia Perneta e Sónia Perneta
Cozinheiro | Élvio Camacho

Ficha Artística e Técnica

Os Fantasmas – Tragicomédia de Eduardo Filippo
Encenação, Selecção de Textos e Direcção de Ensaios | Eduardo Luíz
Direcção de Cena | Miguel Vieira
Contra-regra | Élvio Camacho
Cenário | Margarida Lemos Gomes
Figurinos | André Correia
Adereços de Guarda-roupa | Daniela Morna
Efeitos Sonoros e Sonoplastia | Henrique Vieira
Luminotecnia | Alberto Rebôlo
Caracterização e Adereços de Cena | Raúl Pestana
Execução de Figurinos | Julieta Rodrigues e Maria Teresa
Execução de Cenário | Arnaldo Figueira, José da Côrte, João Lino, Manuel Nóbrega
Cartaz e Arranjo Gráfico do Programa | Zelinda Mendonça
Assistentes de Produção | Rita Fernandes e Rita Pereira
Produção | Pedro Cabrita

Sinopse

“Todo o Homem é uma série
de fantasmas e passa a
vida a arredá-los.”

in Húmus de Raul Brandão

Start typing and press Enter to search