Um orgulho enorme
pelo trabalho desenvolvido

O que fazemos?

O Teatro Experimental do Funchal, tomou diferentes designações ao longo do tempo, tendo sido também conhecido por: GETF, TEF – Cooperativa de Responsabilidade Limitada, TEATRO EXPERIMENTAL DO FUNCHAL ou, simplesmente, TEF. Atualmente, assumimos a designação ATEF (Associação Teatro Experimental do Funchal) integrando esta diferentes serviços e valências funcionais.

Independentemente das suas designações e das suas fases no percurso, a ATEF sempre agregou centenas de pessoas, constituindo assim um memorial formado por uma grande equipa de criativos, produtores, técnicos e artesãos de diferentes áreas – atores, encenadores, cenógrafos, aderecistas, figurinistas, escritores, tradutores, compositores, músicos, cantores, bailarinos, performers, artistas visuais, designers e fotógrafos, entre tantos outros.

Que serviços e atividades que desenvolvemos?

Teatro para a Infância e Juventude

Teatro para adultos

Teatro Inclusivo

Teatro Comunitário

Teatro de Rua

Eventos Inclusivos

Animação Teatral

Serviço Educativo (Formação de públicos)

Programa TEF CULTURA ACESSÍVEL

Formação técnica e artística

Oficinas de Teatro: TEFOS (07-10 anos) e GETTEF (+ de 15 anos)

Teftúlias (café-concerto, debates, conferências, workshops…)

Estágios profissionais (áreas artísticas e outras)

Leituras Encenadas

Poesia Gestual

Exposições / Galeria do Café dos Artistas

Programas de rádio

Televisão

Biblioteca de Teatro

Guarda Roupa

Arquivo

Parcerias artísticas

Parcerias de produção

Teatro Inclusivo

Espetáculos de Teatro Inclusivo

No âmbito da recente residência do GMT Oficina Versus na ATEF (iniciada a 01 setembro de 2017), produziremos espetáculos de teatro inclusivo, elencados na temporada artística em curso.

Programa “TEF – Cultura Acessível”

A Associação Teatro Experimental do Funchal (ATEF), aderiu ao conceito “cultura acessível” e criou o TEF CULTURA ACESSÍVEL no ultimo trimestre de 2016, gerando mais acessibilidade na sua oferta cultural e produzindo eventos de arte inclusiva, na nova temporada artística 2016-2017. Na sua génese, está a negação de que a cultura é um produto para elites, buscando a aproximação de todos os segmentos de público e cumprindo assim com mais eficácia a sua missão, enquanto organismo promotor de cultura para todos.

Objetivos Gerais

  • Tornar possível o acesso aos espetáculos e outras iniciativas culturais, de todas as minorias que constituem segmentos de público desenquadrados dos padrões da dita normalidade, através de: tradução em LGP, escrita braille, áudio descrição, anulação/adaptação de barreiras arquitetónicas nos espaços públicos de apresentação e o acesso gratuito a pessoas e/ou instituições carenciadas, entre outros.
  • Dar a conhecer o mundo das artes do espetáculo e outras atividades de interesse cultural, sensibilizando, informando e formando os diferentes públicos para diferentes propostas estéticas.
  • Convidar à livre participação dos diferentes segmentos de público, criando formatos de envolvimento e experimentação ativa.
  • Acrescentar valor, informando o grande público das especificidades no acesso à cultura.

Último espetáculo em cena

139ª Quasímodo – O Corcunda

Start typing and press Enter to search