29 de maio de 2018 / 21h00 – Estreia

Em exibição

De 29 de Maio até 3 de Junho de 2018

De Terça a Sabado
às 21h00

Domingo
às 18h00

ESPECIAL

Quarta 30 de maio  
às 11h00 e 21h00

Sexta 1 de junho
às 15h00 e 21h00

TRADUÇÕES EM LGP
01 de Junho nas duas sessões (15h e 21h)

Duração

60 minutos (aproximadamente)

Classificação etária

Maiores de 12 anos

cartaz_of_versus_

Sobre a Encenação

A Associação Teatro Experimental do Funchal | ATEF, apresenta o OFICINA VERSUS TEATRO em O OUTRO LADO DOS PÁSSAROS, a partir de vários autores, com dramaturgia e encenação de Ester Vieira.
As escolhas dramatúrgicas do Oficina Versus têm como critério prioritário – os valores sociais e humanos, orientados para a reflexão e para a mudança de atitudes sociais – uma função comum à do Teatro, onde a função se centra na expansão da consciência e do sentido crítico dos diferentes públicos, assumindo-se como veículo transformador dos direitos humanos e sociais.

Oficina Versus Teatro

O OUTRO LADO DOS PÁSSAROS | M/12
um espetáculo de Teatro e de Poesia Gestual
a partir de vários autores – Boss AC, Emmanuelle Laborit, Ester Vieira, Fernando Pessoa, Gonçalo M. Tavares, HMB, Luísa Monteiro, Manuel Jorge Marmelo, Michal Snunit, Rui Pina Coelho, Valério Romão e escrita criativa do grupo.
Duração – 60 m

DRAMATURGIA e ENCENAÇÃO – Ester Vieira

ATORES | PERSONAGENS:
Alexandra Ferreira | Melro Preto
Alexandra Góis | Arara
Ana Cristina Vieira | Coruja
Anastácia Aguiar| Tucano
Bruno Fernandes | Perdiz
Cândida Correia | Gaivota
Carla Rosado | Albatroz
Carolina Góis|Bisbis
Daniel Rodriguez | Corvo
Jorge Martins | Águia
José Carlos Jardim | Falcão
Luís Franco | Catatua
Luzia Almeida | Canário
Silvia Rosado | Andorinha
Teresa Rebelo | Colibri

Alunos da UMa | Curso Design | em processo de Design Social:
Fábio Martis
Luísa Fernandes

DIREÇÃO DE CENA – Avelina Macedo
CONTRAREGRAS – Daniel Rodriguez e Miguel Teixeira
VOZES | TEXTOS – António Costa, Celina Pereira, Ester Vieira, Fábio Ferro, Fábio Martis e Teresa Rebelo
VOZ CANTADA – Teresa Rebelo
ARRANJO E ACOMPANHAMENTO PIANO | “MELHOR DE MIM” – Duarte Nuno Filipe
CENOGRAFIA – Paulo Sérgio BEJu
GUARDA ROUPA E ADEREÇOS – Avelina Macedo, Ester Vieira e Paulo Sérgio BEJu
COSTURA – Salete Silva
DESENHO DE LUZ – Ester Vieira e Helder Martins
MONTAGEM DE LUZ – Daniel Rodriguez e Miguel Teixeira
OPERAÇÃO DE LUZ – Hélder Martins
SONOPLASTIA – Daniel Rodriguez e Ester Vieira
OPERAÇÃO DE SOM – Avelina Macedo
IMAGEM DE CARTAZ | MATERIAL GRÁFICO – Paulo Sérgio BEJu
GESTÃO DE COMUNICAÇÃO E IMAGEM – Filipe Gomes / The One Line
INTÉRPRETE DE LGP – Débora Silva
FOTOGRAFIA DE CENA – Miguel Teixeira | Paulo Sérgio BEJu | Proestúdio
APOIO TÉCNICO e ASSISTÊNCIA À MONTAGEM – Daniel Rodriguez e Miguel Teixeira
BILHETEIRA – Helena Machado
FRENTE CASA – Avelina Macedo e Ester Vieira
DIVULGAÇÃO – António Plácido, Isabel Martins, Miguel Teixeira e Helena Machado
ASSISTÊNCIA À PRODUÇÃO – Avelina Macedo, Daniel Rodriguez , Helena Machado e Miguel Teixeira
PRODUÇÃO EXECUTIVA – Ester Vieira
AGRADECIMENTOS – Avelina Macedo, Duarte Nuno, Paulo Sérgio BEJu e Teresa Rebelo.
—————
SINOPSE
Os pássaros inspiram e espelham as grandes aspirações dos homens. Guiados pelo instinto da sua natureza, não perdem o rumo e cumprem metodicamente o seu destino. Os homens dividem-se, distraídos, noutros desígnios. Há homens-pássaros ambiciosos que arriscam demais, queimando as asas no calor do sol e sucumbindo nas águas do oceano. Há os que se renovam continuamente, emergindo das suas próprias cinzas. E há os que nem conhecem o poder das suas próprias asas.
As metáforas dos pássaros, na sua atividade instintiva e simbólica, guiam as histórias | narrativas da existência humana e da sua errância na procura de sentido para a vida, durante a breve passagem dos “homens pássaros” pela Terra.

SOBRE A ENCENAÇÃO
O guião de O OUTRO LADO DOS PÁSSAROS, foi criado a partir do grupo, recorrendo a textos de vários autores, usando a comunicação do corpo, do gesto e da palavra.
A criação cénica teve como premissa – a comunicação em várias linguagens, atendendo às possibilidades expressivas dos intervenientes, constituintes deste elenco. Como resultado, a fusão dinâmica de várias linguagens, cruzando-se a comunicação verbal, não verbal e a LGP, com a plástica de cena – cenário, adereços, figurinos, luz e som.

OFICINA VERSUS TEATRO
Inicialmente designado GMT OFICINA VERSUS, este grupo de Teatro evoluiu do PROJETO OFICINA VERSUS, pelo exercício do Teatro para pessoas com necessidades especiais. Dos grupos iniciais de Expressão Dramática que deram face às primeiras práticas deste Projeto, surgiu, espontaneamente, um elenco e com ele a prática do Teatro, associado à Inclusão sócio cultural. Foi da junção do grupo de Teatro, com o grupo de Mímica (formado por crianças e jovens surdos), que nasceu um único grupo – o Grupo de Mímica e Teatro Oficina Versus.
A partir de 2001, o GMT OFICINA VERSUS assumiu um formato de Teatro Inclusivo, com base num elenco formado por pessoas com e sem necessidades especiais.
De 2013 a 2016, esteve integrado na Direção de Serviços de Educação Artística e Multimédia
Em 2017, foi inserido na ATEF como grupo residente e assumiu a designação de OFICINA VERSUS TEATRO.
No seu currículo, contam já 23 produções de Teatro, tendo-se apresentado em Lisboa, Porto, Abrantes, Madeira, Porto Santo e Rio de Janeiro.

O TEATRO EXPERIMENTAL DO FUNCHAL E O TEATRO INCLUSIVO (1989-2017)

O Teatro Experimental do Funchal, esteve presente desde a génese da ARTE INCLUSIVA, através do “Projeto Oficina Versus” / Direção Regional de Educação Especial e Reabilitação, em 27 anos da sua existência, cooperando técnica e artisticamente com os seus promotores: em atividades para a motivação de utentes no âmbito da expressão dramática / teatro, na formação técnica e artística dos utentes e formandos com Necessidades Especiais, através de ações de formação / workshops, integrados no Encontro Regional de Grupos de Teatro (ERG TEATRO), em cedência de espaços, equipamentos e operacionais técnicos, nos espetáculos de Abertura dos Jogos Especiais e na inclusão plena de atores com NE nas suas produções artísticas – Canção do Realejo (Teatro para a Infância) / 2001, A Nossa Cidade (Teatro para o público em geral / comemoração dos 500 anos da cidade do Funchal) / 2008, Conde Barão (Teatro para publico em geral )/ 2010, Hakim e a Arca de Sândalo (Teatro para a Infância) /2012, Quasimodo o Corcunda (Teatro para a Infância) / 2016, A Cigarra e a Formiga (Teatro para a Infância) / 2017.

PEÇAS APRESENTADAS
17 produções de EXPRESSÃO DRAMÁTICA (1989 – 1993)
22 produções de MÍMICA E TEATRO (1993 – 2000)
23 produções de TEATRO INCLUSIVO (2001- 2017)
01 coprodução com o CONTIGO TEATRO (2010)
01 coprodução com o GRUPO DANÇANDO COM A DIFERENÇA (2004)
01 produção em parceria com o CRINABEL TEATRO (2006)
06 produções participadas com o TEF (2001, 2008, 2010, 2012, 2016, 2017)

Total de produções – 70

EXPRESSÃO DRAMÁTICA
“ A Cigarra e a Formiga” – 1989, “ O Circo Maravilhas” – 1990, “Fantasias” – 1991, “A história da avó Leonor” – 1991, “ Capuchinho vermelho” – 1991,“ Os gatos Janotas” – 1991, “ Era uma vez no Natal” – 1991, “ No reino da papelada” – 1992 , “ Dança mimada” – 1992, “ História de um pinheirinho de Natal” – 1992, “ Coelhinho branco “ – 1992, “ Pantomimas I” – 1992, “Carnaval no Jardim Zoológico” – 1993, “ O rei vai nu…” – 1993, “ Aventuras de João Pateta” – 1993, “ Marcha do Espectáculo” – 1993, “Gota de Mel” Leon Chancerel – 1993. / Guiões e versões cénicas – Ester Vieira

MÍMICA E TEATRO
“Histórias do Silêncio” – 1993, “ Retalhos ” – 1994, “ Silêncio ” – 1994, “Cenas da vida que passa” – 1994, “ Descoberta da Madeira “- 1994, “ Nau Catrineta”- 1994, “ Nascer Diferente ”- 1995, “ Existir ” – 1996, “ Pequenos Nadas” – 1996, “A caixa“ ou “História do Sr. X “ Sérgio Godinho – 1996, “Os brinquedos” – 1997, “As lavadeiras” – 1997, “A semente” – 1997, “A E I O U” – 1997, “ Os 5 sentidos ” – 1997, “ E viva o Teatro” – 1997, “A pastilha elástica” – 1998, “ Romeu e Julieta ”- 1998, “A borracha” – 1999, “ Marionetes de trapo” Gabriel Garcia Marques – 1999, “O Apaixonado Secreto” Cristina Briona – 2000, “Entrelinhas” Ester Vieira – 2000.

TEATRO INCLUSIVO
“A Canção do Realejo” Ester Vieira – 2001, “ Lugares” Herberto Helder – 2002, “O conto da Ilha Desconhecida” José Saramago – 2002, “Sobreágua” vários autores – 2003, “Eu como, tu comes e eles não comem” Ester Vieira – 2003, “Mar” Miguel Torga – 2003, “Invisível cordão” vários autores (criação colectiva – Teatro e Dança Inclusiva) – 2004, “E viva o EURO!” Ester Vieira – 2004, “ Olhos de ver e olhos de não ver” Duarte Rodrigues – 2004, “O Gato malhado e a Andorinha Sinhá” Jorge Amado – 2004, “O Principezinho” Antoine Sain-Éxupery – 2005, “Mundos dentro de mim” Duarte Rodrigues, Elsa Rebelo e Maurício Freitas – 2006, “ Dama Pé de Cabra” Alexandre Herculano – 2006, “ A menina de Mar” Sophia de Melo Breyner – 2007, “ Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu Jardim” Federico Garcia Lorca – 2007, “ A Nossa Cidade” Thornton Wilder (produção TEF) – 2008, “ Pantomimas” Duarte Rodrigues – 2008, “ Enquanto a Cidade Dorme” Álvaro de Magalhães – 2008, “ Galileu Galilei ” Bertolt Brecht – 2009, “Teatro com gente dentro” vários autores – 2009, “ Dom Duardos” Gil Vicente (co-produção com ContigoTeatro) – 2010, “O Conde Barão” Ernesto rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos (produção TEF) – 2010, “O cavaleiro da armadura enferrujada” Robert Fisher – 2011, “Hakim e a Arca de Sandalo” de Norberto Ávila, “Violências” de vários autores – 2012, “Aventuras de João sem medo” José Gomes Ferreira – 2013, “A Décima Turista” de Mendes de Carvalho – 2014, “Imagine” – 2015, “Quasimodo o Corcunda” (produção TEF) – 2016, “inAPTO” a partir de Gaspar de Peter Handke – 2017, “A cigarra e a formiga” (produção TEF) – 2017.

CALENDARIZAÇÃO:

29 maio | 3ª feira | 21h00 | Estreia
30 maio | 4ª feira | 21h00 | 11h00
31 maio | 5ª feira | 21h00
01 junho | 6ª feira | 15h00 | 21h00 ( tradução em LGP / 02 sessões )
02 junho | sábado | 21h00
03 junho | domingo | 18h00

BILHETEIRA / PREÇÁRIO:

3,00 € | Escolas / Instituições (mediante reserva)
6,00 € | Estudantes | jovens até 18 anos| > 65 anos| grupos 10 pessoas| professores
10,00 € | Público em Geral

RESERVAS E CONTACTOS:
De segunda a sexta
Das 09h30 às 12h30 e das 14H30 às 17h30

Telef. – 291 226 747 / 933 369 136 | email: info@atef.pt

Gladiadores - Fotos

Related Projects

Oficina Versus Teatro